Reguffe: Desfazer a Operação Lava Jato é medida contrária aos interesses do Brasil

por Mônica G. Braz 

O senador Reguffe (sem partido-DF) criticou a decisão da Polícia Federal de desfazer o grupo de trabalho responsável pela Operação Lava Jato, em Curitiba (PR). Para ele, a medida foi contrária aos interesses do país.

Reguffe acredita que a determinação foi fruto de acordo entre partidos políticos, com o intuito de esvaziar as investigações. Ele voltou a defender a apuração de todas as denúncias. Caso sejam constatadas injustiças, os inocentes devem ser absolvidos, mas os trabalhos não podem parar, declarou o senador.

- É preciso que se investigue absolutamente tudo neste caso. E que, no final, todos aqueles que tiverem alguma responsabilidade no desvio de dinheiro público, seja quem for, seja de que partido, seja que posição ocupe, que seja  punido - afirmou o senador. (Ag. Senado)