Jungmann diz que cenário de barbárie justificou uso das Forças Armadas

Em entrevista ao Jornal da CBN (ouça aqui), o ministro da Defesa, Raul Jungmann, justificou o uso das Forças Armadas durante manifestação na Esplanada dos Ministérios nesta quarta-feira afirmando que ‘sem ordem, você não tem democracia’. Ele disse que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (PMDB-RJ), pediu, na verdade, o apoio da Força Nacional. No entanto, ainda segundo ele, havia apenas 100 homens disponíveis, o que foi avaliado como ‘absolutamente insuficiente’ por Michel Temer.

Jungmann afirmou ainda que o cenário da manifestação era de ‘barbárie’, com ‘incêndio em ministérios, servidores apavorados’ e situação ‘progressivamente fugindo ao controle’. A função dos militares teria sido ‘meramente defensiva, dos prédios e das pessoas’. No dia seguinte ao confronto, Raul Jungmann avaliou a operação como um ‘grande acerto’.

Ele deve se reunir na manhã desta quinta-feira com o presidente Michel Temer para decidir se o Decreto de Garantia da Lei e da Ordem será revogado ou mantido. A decisão, afirmou o ministro, dependerá da avaliação do comandante militar da área. 

(Com informações da Rádio CBN - PPS)