“Quem acompanha minha vida pública sabe que atuo com desassombro no interesse das instituições”, diz Mendes em resposta à Folha de S. Paulo

Destaque do Editor Justiça Em Foco | Ronaldo Nóbrega

Brasília - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, se mostrou revoltado com a reportagem publicada no jornal Folha de São Paulo, o acusando de emissário.

Confira a íntegra - Carta em resposta à matéria publicada no jornal Folha de S. Paulo:

“Senhores editores,

Repudio a insinuação publicada no jornal Folha de S. Paulo segundo a qual sou emissário de quem quer que seja. Quem acompanha minha vida pública sabe que atuo com desassombro no interesse das instituições.

Os encontros que mantenho são públicos e institucionais, voltados para a necessidade de reforma política e eleitoral. Falo em nome e no interesse da Justiça Eleitoral e - acredito - do Brasil.

Sempre defendi a reforma política e é o que faço desde de que assumi o Tribunal Superior Eleitoral. O atual sistema eleitoral brasileiro está exaurido e as denúncias de corrupção comprovam isso. Foi esse sistema que nos deu o mensalão e o petrolão.

Precisamos separar os candidatos do dinheiro. Estou certo de que essa é a oportunidade para reformar o modelo com objetivo de fortalecer nossa democracia.

Gilmar Mendes
Ministro do Supremo Tribunal Federal e presidente do Tribunal Superior Eleitoral.”