Senador (sem partido) critica forma de indicação dos ministros do STF

O senador Reguffe (sem partido–DF) criticou em Plenário - a indicação do Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e o método para escolher ministros de tribunais superiores no Brasil. Reguffe afirmou não achar correta a negociação política para a escolha de um ministro do Suprema Corte do país.

O parlamentar lembrou que, em 2015, apresentou uma proposta de emenda à Constituição (PEC 52/2015), que sugeria a criação de concursos públicos para ministros de tribunais superiores e para os tribunais de contas, sem a vitaliciedade.

— Considero que a indicação do ministro da Justiça do próprio governo faz parecer que ele estará lá [no STF] para defender o governo, quando um ministro da Suprema Corte tem de defender o país — disse Reguffe

Ag. Senado